Marketing Digital Tecnologia, Gestão e Marketing

O poder do marketing de referência é bem real e funciona

“Pessoas influenciam pessoas. Nada influencia mais do que a recomendação de um amigo”. A frase pertence a Mark Zuckerberg e é a opinião do CEO do Facebook que serve de ponto de partida para abordarmos o peso do marketing boca a boca ou marketing de referência.

Poderíamos pensar que hoje em dia faria todo o sentido investir apenas em publicidade na comunicação tradicional ou através de AdWords, mas há factos e números que apontam num outro sentido, aquele que surge, de forma ainda mais clara, nesta outra opinião de Mark Zuckerberg. “Pessoas influenciam pessoas. Nada influencia pessoas mais do que a recomendação de alguém de confiança. A confiança na indicação das pessoas é a melhor forma de disseminar uma mensagem”.

 

marketing de referencia

 

Sim, o peso da recomendação é decisivo. E daí a importância que pode ter o marketing de referência realizado no momento em que uma empresa ou cliente recomenda o serviço da sua empresa. Seja “olhos nos olhos”, seja através de um comentário ou classificação nas redes sociais ou profissionais.

Antes de avançarmos mais na definição de marketing boca a boca, vamos desde já definir “amigo” como embaixador da sua marca, um cliente ou parceiro plenamente satisfeito com o que recebeu e que, por isso, não hesita em referir e referenciar a sua organização a terceiros. Mais uma razão para que aposte na qualidade, portanto.

Realizado em ambiente online ou offline, o marketing boca a boca é “a interação entre pessoas, compartilhando ideias, produtos, experiências e o que mais lhes fizer sentido…”.

Mas, afinal, o que é marketing boca a boca?

As definições mudam ligeiramente mediante as fontes, mas todas concordam que se trata de uma forma eficaz de “conquistar novos clientes, receber leads mais qualificados, ser a referência no seu setor”. Na prática, trata-se de uma forma extremamente eficaz de marketing e cujo peso aumentou exponencialmente com o advento das redes sociais. A importância das recomendações e classificações é real, como comprova o exemplo de duas aplicações de maior sucesso: Uber e Airbnb. A mesma importância encontra paralelo em outras áreas, caso do universo das empresas de serviços linguísticos.

 

O ponto de vista dos amigos chegam a sobrepor a preferência pessoal e as comunicações usadas pelo marketing tradicional

 

Não se trata de um exemplo que venha apenas nos livros. É bem provável que já tenha sucedido consigo no momento em que decidiu fazer uma compra após a recomendação de um amigo. E, recordamos, devemos entender “amigo” como embaixador da sua marca, um cliente satisfeito com o que recebeu e que não hesita em referir e referenciar a sua organização a terceiros.

O ponto de vista pessoal no marketing

Philip Kotler, considerado o pai do marketing moderno, refere no livro “Marketing 4.0: Do tradicional ao digital” que, em variados casos, “o ponto de vista dos amigos chegam a sobrepor a preferência pessoal e as comunicações usadas pelo marketing tradicional”.

Mais uma defesa da ideia de que estamos perante uma forma eficaz de comunicação, mesmo quando realizada fora do universo digital e levada a cabo “offline”, ou seja, olhos nos olhos, boca a boca.

A designação pode mudar. Ao marketing boca a boca há quem lhe chame tantas outras coisas:

  • Marketing de Referência
  • Marketing Boca a Boca
  • Marketing de Indicações
  • Buzz Marketing
  • Marketing de Defensores
  • Referral Marketing
  • Marketing de Embaixadores
  • Marketing de Recomendação
  • Member Get Member

 

Conheça a AP Portugal Tech Language Solutions

 

Seja qual for a definição que preferir, um aspeto deve estar presente:  o da enorme importância deste género marketing, seja ele feito offline - com um cliente da sua marca a recomendar a sua organização a outro potencial cliente - seja através das classificações deixadas nos sites e redes sociais.

A ideia que prevalece é a de que “não há ninguém melhor que seus próprios clientes para promoverem a sua empresa”, daí podermos falar do lado humano como o ponto mais forte do marketing boca a boca. Seja um cliente ou parceiro, o método é simples: uma recomendação desempenha o papel de promoção da sua marca e serviço.

 

AP Portugal ISO Quality Standards PT

 

QUEM SOMOS

AP Portugal - Tech Language Solutions é uma empresa portuguesa de tradução certificada pela Norma Internacional da Qualidade ISO 17100, representante oficial da tecnologia Wordbee, com uma agência de tradução em Lisboa e outra agência de tradução no Porto. Reconhecida internacionalmente pelas suas competências tecnológicas de localização e tradução de websites, SEO multilingue, locução, legendagem e interpretação, aposta com entusiasmo no desenvolvimento da cooperação em Luanda, Maputo, Bissau, Praia, São Tomé , Dili e qualquer ponto do mundo onde a sua organização ou instituição necessite de um parceiro especializado em mais de 125 pares linguísticos.

Pode ainda seguir-nos nas redes sociais Facebook, Twitter e Instagram.

Artigos Relacionados:

Quando entramos na viagem do marketing digital só temos um destino em mente, o...

Artigos Relacionados:

Se é verdade que o marketing digital corresponde aos meios de se expressar online, é...

Artigos Relacionados:

Já definimos marketing digital, enunciamos erros que deve evitar e prestamos especial...

Comentários

Subscrever Blog